Venha a ser o que for, no futuro haverá menos empregos, para pessoas muito mais qualificadas?, Camilo Mortágua

E Liberdade?

E eu pus-me a pensar… (menos empregos, mais qualificados) deve querer dizer: pessoas mais e melhor preparadas para operar com máquinas novas, com novas tecnologias, coisas sofisticadíssimas dotadas de altas capacidades de cálculo e rapidez de execução, coisas para engenheiros especialistas formados em institutos.
Capazes de produzir as elites “operárias” do futuro.

Tudo bem, os empregados do futuro serão muito mais preparados… mas: serão menos. Portanto, (a menos que alguma peste ou guerra elimine uns largos milhões) os desempregados serão mais, logo …o que farão os milhões de desempregados a mais que não conseguirem as novas qualificações necessárias, ao ritmo das novas tecnologias inventadas?  E os outros? “os que não acompanharam a mudança” — como agora se diz

Na melhor das hipóteses, talvez os “engenheiros do futuro” empregados, ganhem como engenheiros (muito duvidoso dada a abundante concorrência) mas se ganharem, aí teremos a nova classe média.

A classe média refortalecida pela posse do conhecimento e pelo enfraquecimento talvez decisivo dos movimentos sindicais, perda de “importância produtiva” dos   milhões de trabalhadores excluídos, entre outras coisas, pelas produções massivas através da impressão 3D. 

Mas…mesmo que a cada engenheiro empregado lhe seja pago o suficiente para que Cada um deles possa contratar quatro ou cinco criad@s pessoais para os seus serviços particulares, e aí voltarem a aparecer os empregos para os pobres, pobres que dessa condição só poderão sair através das inexistentes oportunidades sociais, cognoscitivas e patrimoniais de nascença , etc: então” novas – velhas” multidões de excluídos, iguais ou piores que as do passado, ressurgirão. 

Seja para que futuro for.

Parece não haver dúvidas de que: A EDUCAÇÃO, E O  CONHECIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO,SÃO O CAPITAL DO FUTURO, E É NECESSARIO COMEÇAR A  ASSUMIR O MUNDO A PARTIR DESTA CONSTATAÇÃO.

Caminhamos para um mundo em que o conhecimento  se sobreporá ao capital?

ESTA é a grande mudança a que estamos assistindo.

 OS GRANDES DONOS E PATRÕES DO MUNDO; SÃO / SERÃO, OS MAIORES DETENTORES  DE CONHECIMENTO.

 Este novo PARADIGMA poderá permitir acabar com as maiorias submetidas à ignorância?

Junho de 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s